Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Crystal Fighters em Inglaterra antes de Lisboa

 CRYSTAL FIGHTERS3.jpg

 Os Crystal Fighters começaram a etapa britânica da sua digressão.

Depois de uma passagem por Berlim, na Alemanha, a banda chegou a Londres no último dia 11 para um concerto em Brixton. Seguem-se atuações em Bristol, Manchester e Liverpool.

Depois, os Crystal Fighters viajam para Portugal para dois concertos no Paradise Garage, em Lisboa. Dias 1 e 2 de dezembro a tour Everything is My Family encontra os fãs portugueses que podem contar com um concerto que passa por quase duas dezenas de temas, tomando como exemplo o alinhamento do concerto de Londres.

O novo disco é o foco da setlist:

 

Sting Reabriu o Bataclan em Noite Emotiva

sting no bataclan foto do facebook oficial do cant

Foi uma noite emotiva em Paris com o regresso à vida de uma das salas mais emblemáticas da capital francesa, e da Europa, a receber o primeiro concerto de música um ano depois dos atentados terroristas.

Sting foi o nome escolhido e o público aderiu em peso. Mais de 1500 pessoas no Bataclan começaram a noite guardando um minuto de silêncio pelas vitimas de há um ano. A mensagem de Sting foi simples e eficaz, homenagear as vitimas e celebrar a vida.

Começou por recuperar alguns clássicos da sua carreira como "Fragile" ou "Message in a Bottle".

Tocou quase duas dezenas de canções, numa altura em que está a começar uma nova fase da sua vida com a edição de um disco novo que já contribuiu bem para o alinhamento do concerto. "I Can't Stop Thinking About You", o tema que abre o novo álbum "57th & 9th",  foi logo a terceira música da noite.

Um concerto muito especial que só ficou marcado pela polémica recusa da organização em deixar entrar dois elementos dos Eagle of Death Metal, a banda que tocava ali na fatídica noite. Um dos responsáveis da sala justificou a nega pelas declarações polémicas de Jesse Hughes, o vocalista que foi barrado, ao sugerir que a segurança do Bataclan podia ter estado envolvida na organização dos ataques.

Para a história fica o alinhamento de Sting nesta reabertura do Bataclan:

 

alinhamento sting bataclan.png