Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Abre-se a Época de Festivais e Mostramos Tudo o Que Não Pode Perder

19983487_10155356933632203_5025908538703935799_o.j

Falar de verão em Portugal é falar de Festivais. Ainda hoje ecoam os relatos de concertos épicos em Vilar de Mouros, por exemplo, no começo da década de 80 quando era raro o nosso país receber a visita de gente tão ilustre como Elton John ou os, na altura, jovens U2.

O espírito e o ambiente vividos nesses festivais sempre foi invejado e, portanto, foi com naturalidade que a meio da década de 90, Portugal começou a organizar festivais de dimensão internacional e com uma qualidade crescente até se tornar numa imagem de marca do nosso país.

Muitos milhares estavam naquela noite mágica em pleno Alentejo a testemunhar uma grande performance dos Portishead. Estávamos no verão de 1998 e uma multidão indiferente ao muito pó levantado na Herdade da Casa Branca, ia partilhar no futuro a incrível experiência musical e ambiental ali vivida. Foi o grande impulso que o MEO Sudoeste precisava para fixar a Zambujeira do Mar no mapa de festivais em Portugal e não só.

 

O MEO Sudoeste vive este ano a sua 22ª edição e é uma aposta segura para as gerações mais novas que encontram ali a sua tribo com as melhores condições para uma semana de campismo e concertos.

Muito virado para o som de dança atual e com grande espaço para a música feita em Portugal, o MEO Sudoeste conta com cabeças de cartaz fortes como Shawn Mendes, J Balvin, Lil Pump, Hardwell, Marshmello, Wizkid, Designer, Mundo Segundo & Sam The Kid, Piruka ou Deejay Telio. De 7 a 11 de agosto na Zambujeira do Mar.

 

Ainda em Lisboa, outro Festival histórico. O Super Bock Super Rock, que nos últimos anos se fixou no Parque das Nações, está pronto para continuar a escrever o seu glorioso legado de grandes concertos. Uma aposta eclética que vai despertar o interesse dos fãs mais atentos e interessados nas novas sonoridades que podem contar com a qualidade musical dos Justice, The XX, Travis Scott, Anderson .Paak, Benjamin Clementine ou Julian Casablancas & The Voids. A partir de 19 de julho.

 

Num formato diferente, numa cadência de dois concertos por noite, o elegante EDPCOOLJAZZ regressa a Cascais e apresenta um cartaz de luxo para celebrar a 15ª edição. Sete noites em julho marcadas pelos concertos de David Byrne, Gregory Porter, Norah Jones, Van Morrison, Jessie Ware, BADBADNOTGOOD e Salvador Sobral.

 

Em ambiente de praia há o incontornável RFM Somnii que agita o areal da Praia do Relógio, na Figueira da Foz, entre 6 e 8 de julho. A festa está garantida com a presença de nomes como Yellow Claw, Steve Angello ou a dupla Axwell Λ Ingrosso.

Ainda junto ao litoral, na Ericeira, o Sumol Summer Fest volta a sugerir um fim de semana Wild a 6 e 7 de junho com direito a campismo. Os nomes que vão inquietar a Ericeira são Joey Bada$$, French Montana, Vic Mensa, The Jillionaire, Wet Bed Gang, Piruka e uma interessante Sumol Summer Clash que vai opor artistas de Portugal e Brasil como Sir Scratch e Drik Barbosa. Vai estar tudo à solta.

 

 A norte também há opção de viver um Festival junto ao mar. O EDP Beach Party anima a Praia do Aterro, em Matosinhos, nos dias 29 e 30 de junho com artistas que dispensam apresentações. Steve Aoki, Timmy Trumpet, Dimitri Vegas & Like Mike são alguns dos nomes que garantem a festa.

Também a Ilha da Madeira vai ter o seu Festival, o Madeira Music Fest que acontece no dia 14 de julho, sábado, no Parque Desportivo de Água de Pena. Vai contar com um dos melhores Dj’s do mundo, DJ Quintino, com a banda Calema e o rapper NTS, entre outros.

O último destaque vai para o Gerês Rock Fest. Num cenário natural sem igual em Terras de Bouro, no Campo do Gerês, a música vai ecoar na verde paisagem local. Estão convocados nomes maiores como os Moonspell, Linda Martini, The Lemon Lovers ou Blame Zeus. Um conceito diferente e muito atrativo no panorama de festivais em Portugal

 

Como se vê, o mais complicado é escolher o destino e o ambiente. Somos um país de grandes e bons festivais.