Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Lisboa Dance Festival: Uma Nova Vida a Oriente

IMG_5096.jpg

Na terceira edição, o Lisboa Dance Festival apostou na mudança geográfica e voltou-se para o oriente de Lisboa. 

A aposta foi descentralizar e chamar o público que se rendeu às edições anteriores a conhecer e explorar literalmente novos espaços no Hub Criativo do Beato. Um recinto com vários edifícios minimalistas preenchidos só com o essencial para animar um fim de semana à volta da música eletrónica de dança. Espaço para dançar, palco para DJ's e músicos, venda de bebidas e de comida e muito espaço ao ar livre para circular à vontade.

É verdade que o mau tempo que se abateu sobre Lisboa nos últimos dias não ajudaram as noites a serem mais agradáveis mas o público compareceu na mesma atraído pelos bons nomes que figuravam no cartaz. 

Foi sem surpresa que NAO, Nosaj Thing, Joe Goddard ou Midland tiveram direito a casa cheia no local onde atuaram. Também os representantes do panorama português souberam corresponder ao carinho da presença numerosa de público, com destaque para as atuações de Xinobi e Mirror People.

Além da música, o Lisboa Dance Festival teve muito mais para oferecer. A organização voltou a apostar nos diálogos e na discussão sobe este universo que os debates proporcionam. Foram várias as conferências com músicos e jornalistas a debaterem temas interessantes para o público que assistiu durante as tardes do festival.

Destaque para a presença de muitos estrangeiros entre o público que circulou durante os dois dias do Lisboa Dance Festival no Beato.

Mais uma edição bem conseguida.

 

 

Em 2019 haverá mais.