Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

O Adeus de Leonard Cohen

leonard choen faleceu.jpg

 O ano de 2016 está a ser difícil de digerir para a cultura mundial, nomeadamente ao nível do universo musical.

Aquela incómoda sensação que invadiu público e critica no começo de ano, após atentas audições ao último disco de David Bowie, voltou agora com a edição do novo álbum de Leonard Cohen. O fim foi o mesmo. O que parecia, era.

Tal como "Blackstar", "You Want it Darker" é o adeus em forma de arte de Leonard Cohen. Uma despedida emotiva, fria e real, com uma classe só ao alcance das lendas.

Além do disco, ficou uma impressionante entrevista ao New Yorker onde Cohen abordou com serenidade e naturalidade a possibilidade de um fim próximo. Vale a pena ler ou reler no site do New Yorker.

Cohen morreu com 82 anos mas, felizmente, dedicou os seus últimos anos a espalhar a sua palavra em concertos inesquecíveis com digressões mundiais e edição de discos que imortalizam a sua obra.

Quem teve a felicidade de o ver, sabe que poucas vozes arrepiam mais que a de Leonard em palco.

Portugal recebeu-o várias vezes em diferentes fases da carreira.

Nos anos 80 visitou-nos duas vezes. A primeira em 1985 no mítico Pavilhão Dramático de Cascais, a 18 de fevereiro com a Various Positions Tour. Três anos depois subiu ao palco do Coliseu dos Recreios em Lisboa, a 7 de junho com a I'm Your Man Tour.

Foram precisos esperar 20 anos para voltar a ver Leonard Cohen em Portugal. A 19 de julho apresentou-se no Passeio Marítimo de Algés num concerto que ficou marcado por coincidir com a atuação de Lou Reed no Campo Pequeno à mesma hora.

Seguiram-se três concertos inesquecíveis entre 2009 e 2012 na maior sala de espetáculos do país. A 30 de julho de 2009, a 10 de setembro de 2010 e, finalmente, a 7 de outubro de 2012, foram as três datas que marcaram a passagem de Leonard Cohen pelo MEO Arena.

 

Ainda há pouco tempo destacámos as palavras de Elton John que, ao elogiar a atribuição do prémio Nobel da literatura a Bob Dylan, foi mais longe e indicou como próximo vencedor Leonard Cohen.

Deixou-nos o homem que disse em 2014:

"Sou demasiado velho para ter aquele tipo de morte espetacular. Para mim, cometer suicídio ou morrer de overdose seria... Inapropriado."

Em jeito de homenagem fica Dance Me to the End of Love no MEO Arena em 2010 recuperada no YouTube: