Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Palácio Nacional de Mafra recebe Memorial do Convento de José Saramago

Memorial do Convento 02.jpg

O espetáculo Memorial do Convento, de José Saramago, volta ao Palácio Nacional de Mafra com apresentações ao fim da tarde nos dias 4 de fevereiro, 4 de março, 1 de abril, 6 de maio e 3 de junho. No passado dia 7 foi a primeira apresentação deste ciclo.

São várias oportunidades para ver ou rever a representação de uma obra superior. Este espetáculo completa em 2017 dez anos de história, é um bom pretexto para recordar José Saramago e visitar o Palácio Nacional de Mafra.

 

Partilhamos aqui a sinopse dos produtores:

Ansiando por um filho que tarda, o rei D.João V é avisado por frei António de S.José: “Mande V. Majestade fazer um convento de franciscanos em Mafra e Deus vos dará descendência”. O desejo real desencadeará uma epopeia de homens, um esforço hercúleo de milhares de trabalhadores arregimentados em todos o país, de arquitetos, engenheiros e materiais vindos do estrangeiro e pagos a peso de ouro do Brasil, esgotando-o. ​Unidos por um amor natural, Blimunda e Baltasar reúnem-se ao padre Bartolomeu de Gusmão e ao seu sonho de voar. A passarola, máquina voadora, misto de barco e de pássaro, nasce do saber científico de Bartolomeu, da força de trabalho de Baltasar e dos poderes de Blimunda, recolhendo as vontades humanas (as nuvens fechadas), que alimentarão a máquina e a farão voar. ​Sobre as obras do Convento de Mafra terá passado o Espírito Santo, dizem os padres e acredita o povo. Voar, nesse tempo, não sendo obra de Deus, só poderia sê-lo do demónio, e assim se anuncia o fim trágico das três personagens maravilhosas.

 

O próximo espetáculo é já no dia 4 de fevereiro.