Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Ciclo Noites de Queluz - Tempestade e Galanterie - Chega ao fim com La Gaia Scienza

 LA GAIA SCIENZA.jpg

 

A 3ª edição do ciclo Noites de Queluz - Tempestade e Galanterie, está a chegar ao fim. Desde de dia 1 de outubro que a música erudita entre o Barroco e o Romantismo tem sido reproduzida no Palácio de Queluz.

Um ciclo dirigido por Massimo Mazzeo em parceria com o Centro de Estudos Musicais Setentistas de Portugal que tem contado com a interpretação de conceituados artistas europeus dedicados à música desta época.

O concerto que encerrará este ciclo de nove atuações, está marcado para dia 29 de outubro, sábado, às 21h30 na Sala da Música do Palácio de Queluz. A sugestão é ouvir obras clássicas de Mozart, Beethoven e Joseph Haydn, interpretadas pelo trio La Gaia Scienza, Stefano Barneschi (violino), Federica Valli (pianoforte), e Paolo Beschi (violoncelo).

 

 

No entanto, na véspera ainda há outra proposta.

Amanhã na mesma sala e à mesma hora, é a oportunidade de assistir a interpretação de clássicos das obras de Mozart, Giovanni Battista Costanzi, Tommaso Giordani, Joseph Haydn e Franz Danzi. Os músicos são Laura Pontecorvo (flauta), Iskrena Yordanova (violino), Marco Ceccato (violoncelo) e Guido Morini (cravo) que formam o coletivo Helianthus Ensemble.

 

Ana Carolina e Seu Jorge Passaram pela TVI

ANA E JORGE 10 ANOS.jpg

 Em vésperas dos concertos do MEO Arena e de Guimarães, Ana Carolina e Seu Jorge estiveram nos estúdios da TVi para uma conversa breve guiada pelo jornalista da casa, Pedro Pinto.

Uma altura para elogiarem o público português, mostrar o seu apreço pela gastronomia local, bacalhau, açorda e imperial, foram iguarias e bebida citadas pelos artistas.

Também houve um comentário sobre a situação política do Brasil mas o que ficou mais na memória foi a afirmação de que é sempre uma felicidade tocar em Portugal.

É possível ver a pequena entrevista aqui, assim como assistir à interpretação de Seu Jorge e Ana Carolina para "É Isso Aí" no site da TVi.

O concerto de Lisboa é já amanhã e a cantora Ana Carolina já partilha na sua conta de Twitter fotografias em portugal:

ana carolina em portugal.jpg

 

Moderat na Lx Factory

MODERAT.jpg

Todos os anos, as épocas de festivais trazem nomes que deixam diferentes sentimentos no ar.

Umas confirmam as expectativas, outras recordam-nos tempos passados com segurança, algumas não correspondem tanto ao que se esperava e, o melhor sentimento, um restrito grupo de nomes conseguem surpreender pela positiva e revelam-se como boas surpresas. Estes, geralmente, ficam com regresso marcado para novo concerto em nome próprio e mais perto do seu público.

É o caso dos Moderat que triunfaram no último NOS Primavera Sound no Porto. Público e crítica foram unânimes a apontar a atuação dos alemães como um dos pontos altos do festival.

Podia ser uma noite dedicada a todos os simpatizantes da música eletrónica, e é, mas a proposta atravessa outros gostos. Basta ouvir o disco "III", editado em abril, para se perceber que os Moderat combinam na sua eletrónica uma viagem pelo dubstep, e uma pop ambiental mais abstrata.

O trio de Berlim é composto por Sascha Ring Gernot Bronsert e  Sebastian Szary. O primeiro tem o projeto Apparat , os segundos formam os Modeselektor. É desta junção que nasce o grupo Moderat.

A fórmula usada por estes alemães encontra um sucesso que se pode traduzir e apresentar numa música exemplar, Eating Hooks que abre o recente disco. Há ambiente instrumental, eletrónica, vozes certeiras e, mais importante, dá uma irresistível vontade de dançar. É conferir:

 

 

Uma experiência a não perder no próximo dia 31 de outubro na Lx Factory em Lisboa a partir das 21h30.

 

Vodafone Mexefest Junta Mayra Andrade e Branko ao Cartaz

vodafone mexefest em novembro.jpg

 As novas confirmações no eclético cartaz do Vodafone Mexefest são uma excelente prova da abrangência da oferta que o festival tem oferecido à medida que os anos passam desde a sua chegada à baixa de Lisboa.

É certo e sabido que nas duas noites do Vodafone Mexefest é possível descobrir alguns dos nomes que vão brilhar na próxima época de festivais de verão.

Há sempre uma enorme preocupação em ir buscar artistas emergentes que ainda não chegaram ao auge do conhecimento público e testar a sua performance em palco. Os melhores exemplos são as estreias em Portugal de Alt-J ou Django Django na sala do Teatro Tivoli. Depois, passaram a ser nomes de referência em palcos maiores.

Além deste aliciante, descobrir bandas antes de tempo, o Vodafone Mexefest tem dado sempre espaço à música lusófona aberta a várias ramificações.
Juntar aos nomes já anunciados, a voz irresistível e sensual de Mayra Andrade traz um perfume de Cabo Verde ao Outono de Lisboa.

Para acompanhar a chegada de Mayra a este cartaz está Branko, o homem que lidera a editora Enchufada, um dos mentores dos Buraka Som Sistema e autor de um dos discos mais interessantes, pelas suas viagens, do último ano.

 

Nem de propósito, o disco "Atlas" teve reedição revista e aumentada este ano marcada por um dueto entre Kalaf e... Mayra Andrade, "Reserva Pra Dois".

É um tema que representa bem a fusão de estilos que o Vodafone Mexefest pretende oferecer ao público no final de Novembro. Vale a pena ouvir:

 

 

Atenção que os bilhetes até 30 de setembro custam 40€ mas depois, e até dia 24 de novembro passam a 45€. Nos dias do evento, o bilhete custa 50€.

 

Ana Carolina e Seu Jorge - Mais uma Vez (Nós Dois)

ANA E JORGE 10 ANOS 3.jpg

Está a começar a semana mas já estamos de olho na noite da próxima 6ª feira.

Mais de dez anos depois, dois artistas brasileiros, muito queridos do público português, vêm a Portugal colocar as contas em dia em relação a um disco que marcou o ano musical de 2005.

Um encontro para um concerto acústico em São Paulo, no âmbito do projeto Tom Acústico, juntou o melhor de Ana Carolina e Seu Jorge. Além de canções do reportório dos dois cantores, nasceram músicas originais e uma versão da canção The Blower's Daughter, de Damien Rice, que se tornou o ponto alto dessa noite e que ganhou vida própria sob o título É Isso Aí.

O espetáculo foi editado em disco tendo um imediato sucesso no Brasil com significativo eco no nosso país.

Seguiu-se um DVD para imortalizar este especial concerto mas ficou a faltar uma digressão conjunta, tanto no Brasil como em Portugal.

Mais de uma década depois, Ana e Jorge conciliaram agendas e têm reproduzido aquela química pelos palcos brasileiros. No final desta semana é a vez de Portugal, a 28 de outubro no MEO Arena, no dia seguinte rumam ao Minho para tocarem no Pavilhão Multiusos de Guimarães.

Este regresso já valeu mais uma canção para o alinhamento do concerto de Ana Carolina e Seu Jorge, Mais Uma Vez (Nós Dois):

 

 

O Alinhamento do Halloween Lisbon Festival

HALLOWEEN LISBON FESTIVAL.jpg

 Se há tradição importada que tem ganho terreno em Portugal é, sem dúvida, a noite de Halloween. Ano após ano mais pessoas, miúdos e graúdos, se juntam para celebrar a, por cá, conhecida noite das bruxas.

Os eventos multiplicam-se e este ano há um em Lisboa que merece destaque.

Para a noite de 31 de outubro está marcado para o Pavilhão Multiusos da Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações, um festival temático com muita música e decoração a preceito.

Será uma noite para todos os que gostam de música techno celebrarem endiabradamente o Halloween com um cartaz que vai dos portugueses Midinoize e Steve Menta, do colectivo LX Music, mais V i L da Soniculture, até aos internacionais Antigone, de França, os Ettap Kyle, vindos da Ucrania até aos cabeças de cartaz Ø [Phase], que chegam do Reino Unido.

Fica marcado o encontro para breve no Halloween Lisbon Festival.