Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bluegazine

Sabe o que vem aí

Alphaville Levam "Forever Young" ao Coliseu do Porto

alphaville coliseu do poto.jpg

É quase impossível estarmos muito tempo sem ouvir um daqueles clássicos pop dos anos 80, seja na rádio, seja na televisão, por via de bandas sonoras de filmes ou mesmo até por publicidade.

Os alemães Alphaville são umas dessas bandas que muito contribuiram para perpetuar o legado musical editado na década de 80. Quem não identifica rapidamente músicas como “Big In Japan”, “Forever Young” e “Sounds Like A Melody" ?
Foram anos de vendas de milhões de discos na Europa e nos Estados Unidos da América, álbuns e singles a figurarem nas tabelas de de vendas mais lucrativas da indústria da música.

Às vezes bate aquela saudade de recuperar estas e outras canções dos Alphaville, por isso a oportunidade de os ver em cima do palco do Coliseu do Porto no dia 18 de novembro não pode ser desperdiçada.

A voz Marion Gold espera o coro do público português para aquele emocionante "Forever Young" ao vivo.

 

Future no Super Bock Super Rock

future super bock super rock.jpg

Já não havia dúvidas nenhumas sobre a dedicação do dia 14 de julho ao universo hip hop no Super Bock Super Rock. O segundo dia do festival está recheado de excelente propostas nacionais e internacionais, tal como temos vindo a divulgar por aqui.

Para confirmar esta tendência, a organização divulga mais um grande nome, desta vez para o Palco Super Bock, o do MEO Arena, o norte americano Future!

O rapper de Atlanta, Geórgia, tem três enormes e invulgares qualidades juntas. Uma qualidade única em estúdio e em palco, uma produção impressionante de discos, só este ano já lançou dois álbuns, "Future" e "Hndrxx", que chegaram ao top da Billboard em duas semanas seguidas, uma proeza inédita, e uma capacidade para colaborações com nomes maiores do mundo da música como Pharrell Williams, Pusha T, Casino, Andre 3000, Rihanna, Maroon 5 ou Chance the Rapper, só para dar alguns dos exemplos mais mediáticos.

Como se vê, o futuro do Super Bock Super Rock é brilhante. De 13 a 15 de julho no Parque das Nações, em Lisboa.

 

Música Sertaneja Festeja Lisboa no MEO Arena

Festeja Lisboa_3.jpg

A versão portuguesa do Festeja acontece no MEO Arena no próximo dia 14 e promete ser uma noite de grande festa.

 O Festeja Lisboa é o maior festival de música sertaneja da atualidade no Brasil. O evento conquistou a fama de principal opção de diversão nas cidades por onde passa, recebendo no palco os maiores representantes do sertanejo brasileiro, entre eles: Luan Santana, Henrique & Juliano, Gusttavo Lima, Marília Mendonça, Maiara & Maraísa, Zé Neto & Cristiano, Victor & Leo, Jads & Jadson, Munhoz e Mariano, Thaeme & Thiago, entre outros.
Os artistas que vão subir ao palco do MEO Arena, em Lisboa, para esta versão portuguesa do Festeja no dia 14 de abril são: Henrique & Juliano, Marília Mendonça, Maiara & MaraisaZé Neto & Cristiano e Kleo Dibah & Rafael.

Os concertos começam cedo, isto é, ao fim da tarde, pelas 18h, de dia 14, que é 6ª feira santa, e por isso feriado.

 

 

Bruno Mars no MEO Arena: Noite Mágica!

bruno mars setlist lisboa meo arena.jpg

 Foi este o alinhamento da noite mágica que Bruno Mars proporcionou aos seus fãs que esgotaram por completo a maior sala de espetáculos do país, o MEO Arena, em Lisboa. Desde cedo que se juntaram os admiradores do cantor nas imediações do MEO Arena. Alguns foram surpreendidos com uma rápida aparição de Bruno Mars que distribuiu autógrafos e simpatia junto ao pavilhão durante o dia.

Passavam 15 minutos das 22h quando os músicos dançarinos de Bruno Mars apareceram com o seu líder num imenso e colorido palco para atacarem logo "Finesse" e "24K Magic".

Sem falhas, cheios de energia, com passos e coreografias que já ficaram famosas em videoclips, onde todos participam, mesmo os músicos.

O público esteve rendido e eufórico desde os primeiros segundos. E não se pense que foi uma plateia composta só de fãs portugueses. Ouvia-se falar muito castelhano, vislumbraram-se bandeiras do Brasil, Roménia e até do Panamá, no meio da sala e nas bancadas muitos fãs falavam inglês. Todos unidos por um concerto superior de Bruno Mars.

Sempre em alta rotação, sempre com um ritmo incrível, o norte americano nascido no Havai, não deu tréguas aos seus fãs. Um palco aberto de lado, constantemente em transformação de música para música, com mudanças de cores e de figurino, com colunas a subirem e descerem, com plataformas que elevavam o cantor de forma inesperada, com luzes suspensas por cima do palco sempre em movimento. Um espetáculo deslumbrante, cénico e sonoro.

A reta final do concerto contemplou "just the Way You Are", onde os membros do clube de fãs portugueses exibiram tarjas a dizer #blessed, e que Bruno notou, "Locked Out of Heaven" e Uptown Funk", numa versão irresistível. Estas duas últimas já em forma de despedida no encore, deixaram no ar a energia inesgotável que esta tour de Bruno Mars tem.

 

A primeira parte também foi de alto nível. Anderson .Paak aproveitou a sala cheia, interessada e até  muito conhecedora da sua obra, para assinar um belo concerto, embora curto, que serviu perfeitamente para se perceber o poder que o álbum Malibu tem ao vivo e deixar o público no ponto para receber o nome maior da noite.

 

Unanimidade no final, ambos têm de regressar.

Língua Franca Junta Capicua, Valete, Emicida e Rael no Super Bock Super Rock

lingua franca super bock  super rock.jpg

Que o festival Super Bock Super Rock tem estado muito atento às novas tendências que marcam o hip hop em Portugal e no mundo, não é novidade para ninguém. A surpresa está na aposta para dia 14 de julho num cartaz muito forte e determinado a reunir o que de melhor se está a produzir no vasto universo do rap/hip hop/funk como se percebe pelas presenças já confirmadas de Tyler, The Creator e de Slow J, a revelação nacional deste ano.

Agora, junta-se o projeto Língua Franca que une Portugal e Brasil em estúdio e em palco. Uma ideia tão ambiciosa quanto pertinente e bem condimentada. Dois embaixadores do rap/hip hop de São Paulo, Emicida e Rael, que se juntam a dois valores seguros do movimento português, Capicua e Valete.

O single de apresentação, Ela, mostra na perfeição o que podemos esperar desta mistura de realidades ligadas pela língua portuguesa:

 

 

 Mais um momento a não perder no Super Bock Super Rock de 2017.

 

Maria Gadú no EDPCOOLJAZZ dia 23 de Julho

maria gadu edpcooljazz.jpg

Nova data marcada no festival EDPCOOLJAZZ em julho. Dia 23, o espaço dos Jardins Marquês Pombal fica reservado para a artista brasileira Maria Gadú.

Depois de colaborações importantes e mediáticas com Milton Nascimento ou, especialmente, Caetano Veloso, Maria Gadú ganhou por mérito próprio um importante espaço na música popular brasileira.

Num momento de mudança na sua carreira, Gadú vem a Portugal mostrar o seu último disco que já originou uma edição ao vivo depois da digressão brasileira. "Guelã" será, portanto, a base do alinhamento deste concerto em Oeiras mas não vão faltar passagens por temas mais antigos que ajudaram o nome de Maria Gadú a ter reconhecimento internacional.

Encontro marcado para dia 23 de julho no EDPCOOLJAZZ em Oeiras, Maria Gadú ao vivo!